Desgaste de Pintura – Técnica de Spray de Cabelo

Boas Galera,

Muita gente me pediu e acabei arrumando um tempo para produzir um Tutorial sobre Desgaste de Pintura – Técnica de Spray de Cabelo. Existem milhares deles pela internet… Mas, tentarei dar a minha humilde contribuição aqui!

Compartilho aqui um link bem bacana onde vocês podem entender parte do processo: Técnica Spray de Cabelo

Antes do 1º Passo, faço a aplicação do primer, depois faço um pre-shading com preto fosco…

1º Passo

Pintei 4 camadas diferentes com 3 cores diferentes para simular o fundo enferrujado:

Desgaste de Pintura

Desgaste de Pintura

Desgaste de Pintura

2º Passo

Faço um sombreamento com preto para simular efeito de luz e sombra e pequenas marcas de chipping mais claro:

Desgaste de Pintura

3º Passo

Importante! Muita gente não cumpre este passo. Eu nunca deixo de fazer. “Selar” a pintura com uma camada de verniz fosco para não atacar as camadas anteriores quando estiver realizando o desgaste. Secar por pelo menos 24 horas;

4º Passo

Aplicar uma camada moderada de Spray de Cabelo. Cuidado para não exagerar senão se soltarão pedaços gigantes de tinta. Este passo eu aprendi à duras penas… Me ferrei várias vezes para entender que aqui morava o perigo! Então a palavra é moderação: nem MUITO nem POUCO. Deixar secar de um dia para outro;

Desgaste de Pintura

5º Passo

Pinto a cor definitiva para a peça. (Lembrando sempre, que este processo é válido para pinturas apenas com tintas acrílicas);

Desgaste de Pintura

6º Passo

A mágica começa aqui – com instrumentos de alta tecnologia como palitos de dente, pincéis estragados, escova de dente detonadas e velhas – vocês farão o “desgaste” realista. Cuidado (de novo) para não exagerar na intensidade. Então a palavra (de novo) é: moderação!

Desgaste de Pintura

7º Passo

Selar novamente com verniz;

8º Passo

Fazer wash com a cor desejada;

9º Passo

Fazer os efeitos de “escorridos” de ferrugem com tinta óleo e Aguarrás;

Desgaste de Pintura

10º Passo

Selar novamente com verniz;

11º Passo

Fazer um dry-brush com prata nas áreas pertinentes e expostas do metal; Fim!

Depois é só fazer outros efeitos se quiserem: uso de giz pastel para simular sujeira, etc, etc e etc…

Hehehehehe… Quem achou que era fácil, acertou! Quem achou que não dava trabalho, errou! Hhauhauahuahuahuahauhau…

Tentem que valhe a pena. O resultado é extremamente compensador.

Se as dúvidas persistirem, escrevam!

Grande abraço,